Projeto “Boca do sertão” convida Vicente Barreto

O artista, dono de muitos hits de sucesso, se apresenta na nova casa de São Paulo à convite de Miltinho Edilberto

Foto: Ricardo Ferreira
O cantor e compositor baiano Vicente Barreto, parceiro musical de nomes como Alceu Valença, Belchior, Chico César, Zeca Baleiro entre outros, apresentará suas canções conhecidas do grande público no próximo dia 21 de março na nova casa de shows, Espaço Boca Cultural, em Santa Cecília (São Paulo). Sucessos como “Tropicana”, “Pelas ruas que andei” e também algumas inéditas de seu novo álbum de forró que traz participações de Mestrinho, Zeca Baleiro, Chico César, Renato Teixeira e Alceu Valença, serão apresentadas ao público.

 

Além de cantar e tocar seu violão com muita personalidade, Vicente terá o auxílio luxuoso de Miltinho Edilberto na viola e percussão, e convidados surpresas para formar um Power Trio que trará a atmosfera dançante do forró brasileiro.

Sobre Vicente:

Vicente Barreto é o legítimo “tabaréu”, caipira do nordeste. Nascido em Salgadália, distrito de Conceição do Coité, no interior da Bahia, mas criado no município de Serrinha, tornou-se autodidata na arte de tocar violão.

 

Em 1973, o Quinteto Violado grava sua primeira música “Baião do Quinji “ em parceria com Fábio Paes, no disco Berra Boi. Com 25 anos foi apresentado a Vinicius de Moraes, com quem compôs a música Eterno Retorno, que foi gravada pela cantora Márcia  no LP Ronda de 1977 , além do próprio Vicente no CD Mão Direita em 1996.

 

Em 1979, já estabelecido em São Paulo, ele grava seu primeiro LP, contando com a participação de Gonzaguinha na música Abençoado e Santo.

 

No final da década de 70, Vicente Barreto começa a trabalhar com Tom Zé, apresentando-se no circuito universitário paulistano e participando dos arranjos de base dos discos  Estudando o Samba e Correio da Estação do Brás, obra divulgada internacionalmente por David Byrne. Também compôs com Tom Zé , Hein ! , Esteticar e Vaia de Bêbado não Vale que fariam parte dos discos Com Defeito de Fabricação, Imprensa Cantada e No Jardim da Política, gravados por Tom Zé.

 

Outra parceria de grande sucesso foi com Alceu Valença nas músicas Morena Tropicana, Cabelo no Pente , Pelas Ruas que Andei, Tirana, Dia de Cão, Vou pra Campinas e Pirapora, que projetaram a carreira dos dois artistas no cenário nacional e internacional. A partir daí Vicente Barreto passa a ser conhecido como um grande compositor popular.

 

Diversos intérpretes da MPB também cantaram as músicas de Barreto como Elba Ramalho, Ney Matogrosso, Fabiana Cozza e Alaíde Costa . Mônica Salmaso e Vânia Abreu gravaram a música “Na Volta que o Mundo Dá,” com letra de Paulo César Pinheiro, parceiro constante em diversas canções. Outras interpretações memoráveis de suas músicas com Paulinho foram nas vozes de Maria Bethânia em “Capitão do Mato”, música gravada no CD Brasileirinho e da cantora Sônia Rosa em “Pássaro Solto” no CD Depois do nosso Tempo, produzido em Tóquio em 2007.

 

Outros parceiros importantes também marcaram a carreira de Vicente como Chico César, Zeca Baleiro, Hermínio Bello de Carvalho, Jorge Melo, Gonzaguinha, Belchior, Paulinho Pedra Azul, Antônio Carlos Costa Neto, Walter Queirós, Renato Teixeira, entre outros.

Vicente Barreto, com a inquietação que movimenta os grandes artistas, vem aprimorando suas composições e seu modo de cantar na procura de novos caminhos, mudanças nítidas que podem ser percebidas ao longo de toda sua carreira.

 

 

Sobre o projeto Boca do Sertão:

O Projeto foi idealizado especialmente para o Espaço Boca Cultural pelo pesquisador de cultura popular e produtor musical Miltinho Edilberto, considerado um dos violeiros mais completos da atualidade. “Boca do Sertão” é um mosaico do amplo significado da expressão “Sertão”. São vários sertões que se inserem nesse contexto: Desde o sertão “Caipira” das duplas e modas de viola, passando pelo “Grande sertão” de Guimarães Rosa, Elomar Figueira, Xangai, Geraldo Azevedo até o sertão Nordestino de Gonzaga, Dominguinhos, Marinês, Jackson do Pandeiro.

Na ocasião, Miltinho se apresenta com convidados especiais.

 

 

SERVIÇO

Boca do sertão convida Vicente Barreto

Data: 21/03/2024 as 21h

Local: Boca Cultural

 


Comentários

Mais conteúdo

João Inácio Júnior fala sobre os resultados de biopsias na cabeça

ArtePraia virou documentário

Empreendedores compartilham experiências através do podcast “Fala, Empresário!”