Médica desiste do Ministério da Saúde

Ludhmila Hajjar desistiu do convite para assumir o Ministério da Saúde


Foto - Reprodução: Internet

A médica Ludhmila Hajjar, desistiu do convite feito pelo Presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) para assumir a pasta do Ministério da Saúde. A cardiologista que se reuniu com o presidente no último domingo, 14, deixou  bem claro que o governo federal precisa tomar medidas mais duras para diminuir o avanço da pandemia pelo coronavírus no país. Em entrevista à CNN, a médica falou que desde que o convite veio a público ela passou a ser alvo de ameaças:

 O que faltou foi entrarmos em linhas de convergência. Acho que o presidente ficou muito preocupado de a minha gestão não agradar alguns grupos, ao mesmo tempo de eu sofrer muitos ataques por pensar diferente de outras linhas — relatou. — Para alguns, esse nosso encontro não era tão agradável e essas pessoas fizeram de tudo para que não houvesse convergência entre nós".

Comentários

Mais conteúdo

João Inácio Júnior fala sobre os resultados de biopsias na cabeça

ArtePraia virou documentário

Empreendedores compartilham experiências através do podcast “Fala, Empresário!”